quinta-feira, 3 de maio de 2012

AINDA VIVO

Quando o pé de rosa-prata parar sua floração
Quando a espada de são jorge não estiver fincada no chão
Quando o jasmim-laranja seu perfume não espalhar
Quando o hibisco vermelho perder a cor e muchar
Quando o velho cajueiro de abandono cair
Quando faltar em meu quintal a rosa de bugari
Quando o pau-brasil muchar e o flamboynt não florir
Quando não existir nove-horas, mirra,orquideas,alecrim
Quando o mandacaru deixar de se exibir
Quando os meus cães de tristreza avançar e não latir
Quando chamares meu nome verás que mudei dali.

EMANOEL CARVALHO

video
03/05/2012