segunda-feira, 30 de abril de 2012

REFLEXÃO

Nem todo riacho é cheio, nem rio é eterno
Nem toda nascente vive, nem todo ano é inverno
Nem tudo que brota vinga, nem toda roseira floresce
Nem tudo que plantam nasce, nem toda lavoura cresce
Nem toda água é pura, nem todo calor aquece
Nem toda lua agrada, nem todo sol aparece
Nem todo dia é claro, nem toda noite escurece
Nem toda fruta é doce, nem todo amargo emagrece
Nem todo animal agrada, nem todo humano agradece

EMANOEL CARVALHO
30/04/2012

video


Nenhum comentário:

Postar um comentário