domingo, 19 de fevereiro de 2012

EU E A NATUREZA

video
No pico  verde da serra um solitário descansa
Revivendo em lembranças o futuro do ambiente
Entre espinhos e sementes que a natureza cultiva
Daquela mata nativa pelo homem ameaçada
E pensativo interroga será que outras gerações
Manterão as tradições sem modificar a paisagem?
Deixará cada vereda,cada árvore,cada ninho
Não desmontando os caminhos nem expulsando do habitar
Os seres que vivem lá e dependem desse lugar pra sua sobrevivencia
Esquecemos a ciência e a tecnologia deixem que a mata cria
Sem precisar de incentivo todos os seus seres vivos os animais e as plantas
Mas lá embaixo descansa o predador que ignora
Onde os pássaros descansam,onde rastejam lagartos e onde o preá mora.


EMANOEL CARVALHO       19/02/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário