segunda-feira, 14 de novembro de 2011

INVERNO NO SERTÃO

Nos anos de inverno tudo é alegria
Cai água na terra pro povo plantar
Açude e barragens começan sangrar
O céu escurece e a terra esfria
E o nosso sertão parece fantasia
E a mata se veste com o verde do mar

A fauna renova e completa a beleza
Toda a natureza parece emergir
Raios e trovões começam cair
E o sertanejo esperando a colheita
Se anima festeja e volta a sorrir

Nos campos se ver brotar a fartura
Tem arroz feijão cana pra rapadura
Tem milho forragem pra o gado pastar
Comida de sobra pra alimentar
Quem vive da terra e da agricultura
E rio que desagua pra dentro do mar


EMANOEL CARVALHO
video
14/11/2011

Um comentário:

  1. No período chuvoso, é fácil ver a felicidade refletida no rosto do agricultor e nas belas paisagens naturais.

    ResponderExcluir